IMLB - Instituto Mãos Limpas Brasil

Missão: Ser a Entidade mais ética da História do Brasil

NO BRASIL, um Diretor sem Diretoria do Senado, cujo título é só para justificar o salário, ganha o dobro de um Professor Universitário Federal Concursado, com Mestrado, Doutorado e PRESTÍGIO INTERNACIONAL.
.
Bom dia!

1 - o objetivo desta mensagem é pedir sua atenção para um crime repulsivo que vem sendo cometido, silenciosa e covardemente, contra os mais pobres;

2 - os autores do crime são os que, década após década, ocupam ou ocuparam cargos relevantes nos Poderes Executivo e Legislativo (da União, dos Estados e dos Municípios);

3 - o crime consiste em manter um sistema tributário que é

A CAUSA PRINCIPAL DA DESIGUALDADE SOCIAL QUE VIGORA NO BRASIL;

3 - muito se fala do tamanho da carga tributária, mas esse é somente um lado do problema;

4 - existe um outro lado da carga tributária que é socialmente muito mais nocivo: ela é distribuída de modo a fazer os mais pobres pagarem, em relação à renda que recebem, mais do que os mais ricos (esse fenômeno tem o nome de regressividade tributária);

5 - em outras palavras: o enriquecimento dos mais ricos é sustentado, ao menos em parte, pela violência tributária que atinge os mais pobres e vulneráveis;

6 - ocorre que pouquíssimas pessoas sabem disso;

7 - ocorre, também, que pouquíssimos políticos e governantes, SEJAM DE QUE PARTIDO FOREM, falam nesse assunto;

8 - o link https://www.sugarsync.com/pf/D6152182_9664743_630568 aponta para arquivo zipado que contém vários arquivos:

(Observação: se, por qualquer motivo, você não conseguir baixar e descompactar o arquivo zipado, avise-me pelo email [email protected]. Eu enviarei, então, os arquivos para seu email)

8.1 - reportagem "Brasil é terceiro pior do mundo em desigualdade",  publicada pelo Estadão de 24 de julho de 2010;

8.2 - artigo em que Clóvis Rossi mostra que as afirmações sobre redução da desigualdade social são, pelo menos em parte, ilusórias;

8.3 - informações contidas em artigos escritos em 2000, 2001 e 2003;

8.4 - posicionamento, em 2006, do Sindicato dos Auditores-Fiscais da Receita Federal;

8.5 - estudo da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE-USP) publicado pelo Estadão em 2006;

8.6 - artigo de Amir Khair, em abril de 2008, publicado pelo Estadão;

8.7 - mensagem do Movimento Nossa São Paulo, enviada em 2009, que mostra que o crime está cada vez mais hediondo;

8.8 - tabela de tributos embutidos elaborada em 2008 pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (a tabela está nas páginas 8 a 17 do arquivo PDF);

8.9 - trecho (de 44 segundos) de DVD gravado, em 2004, para o Congresso Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal;

8.10 - trecho (de 33 segundos) de comentário, para a TV Band, apresentado em 2011 por Joelmir Beting.

9 - perguntas para você:

9.1 - você tinha consciência da perversidade do "crime tributário" que vem sendo cometido contra os mais pobres?

9.2 - seus amigos e conhecidos têm consciência do que está ocorrendo? Ou será que estamos diante de uma falta de transparência que castiga exatamente as pessoas socialmente mais vulneráveis?

9.3 - os partidos políticos e/ou as organizações de que você participa dedicam tempo e energia para modificar o sistema tributário? Para retirar dele a característica de CAUSA PRINCIPAL DA DESIGUALDADE SOCIAL?

10 - se você conhece organizações interessadas em promover eventos ou seminários sobre o tema "Tributação e Desigualdade Social", sinta-se livre para contar comigo como um dos participantes.

Seguem, para eventual necessidade de contato:

- celular:       (11)9990.3405

- nome no Skype: loborges

Aquele abraço,

Luiz Otávio (São Paulo, SP)


Pin It

Logo TAYSAM Web Design 147x29