IMLB - Instituto Mãos Limpas Brasil

Missão: Ser a Entidade mais ética da História do Brasil

Diretor de Redação

Mtnos Calil

Login

 

No Brasil, um Assessor de 3º nível de um Deputado, que também tem esse título para justificar seus ganhos, mas que não passa de um "aspone" ou mero estafeta de correspondências, ganha mais que um Cientista-pesquisador da Fundação Instituto Oswaldo Cruz, com muitos anos de formado, que dedica o seu tempo e a sua vida, buscando curas e vacinas para salvar vidas.

 

Em recente reunião, a ONU - Organização das Nações Unidas-, propôs que a prática de crimes de corrupção - que está presente onde quer que haja vida humana -, doravante, passe a ser tratada como sendo crimes contra a humanidade, e, por isso, inafiançável.

 

Ora, mesmo sabendo que a corrupção é um mal próprio do ser humano e que resulta da ganância desenfreada - que lhe é inerente e faz parte, portanto, do seu DNA -, vejo esta importante proposta como sendo uma medida que visa, entre o mais, estimular a redução drástica da população de países como o BRASIL onde, como sabemos esse terrível e devastador vírus - que existe, entre nós há mais de 500 anos -, prolifera e se agiganta de forma insustentável e em escala geométrica.

 

A partir desse raciocínio, portanto, sou levado a acreditar que essa proposta, embora seja, por paradoxal, e, a um só tempo, esdrúxula e salutar -, só pode ter como fonte de inspiração a danada da inveja que, segundo a lenda, levou uma mulher a desobedecer e comer o fruto proibido. Sim! Se vier a ser aceita e prosperar, o mais provável é que isso nos leve a uma redução drástica do nosso índice populacional já que, a julgarmos pelo comportamento prático da classe política dominante, com destaque especial para a esmagadora maioria dos Deputados Federais e Senadores que aí estão - muitos dos quais exercendo, continuadamente, os respectivos mandatos há mais 25 anos.

 

Pois bem!  Esta terrível doença do caráter - que, a bem da verdade, não constitui privilégio nosso! A rigor,- sempre existiu no meio da humanidade - desde os primórdios.

Mas, entre nós - brasileiros e brasileiras - ganhou corpo, consistência e proliferou de forma gigantesca e insustentável. Por pedantismo, presunção e/ou interesses outros, muitos são os que ainda apregoam a máxima de que "Deus é brasileiro".

 

Ora, isso é em verdade, a um só tempo, uma infâmia e um clamoroso desrespeito para com o Criador! Quem o afirma, por certo, pode até não ser partidário do ateísmo, mas, por certo, não tem amor por ELE, não acredita NELE e não segue os sábios ensinamentos do Divino Mestre! 

 

Luiz Sefair –Ex - Deputado Federal na legislatura: 83/86 

 

 

Pin It

Logo TAYSAM Web Design 147x29