joao-santana-duda-mendonca-2515                   (Victor Moriyama/Folhapress; Vagner Rosário/VEJA)

Os publicitários do PT contam os segredos dos anos em que comandaram as campanhas presidenciais de Lula e Dilma Rousseff

 

As investigações da Lava Jato uniram novamente os marqueteiros Duda Mendonça e João Santana, que atuaram em diversas campanhas petistas entre 2002 e 2014. Santana foi preso e passou a negociar um acordo de colaboração com a Procuradoria-Geral da República. Duda imaginou que poderia ter o mesmo destino do seu sucessor e procurou o MP para revelar o que sabia.

 

Reportagem de VEJA teve acesso aos segredos que os dois pretendem contar. Santana promete entregar a prova definitiva de que Dilma tentou atrapalhar a Lava Jato. Ele e sua mulher, Mônica Moura, acusam a ex-presidente de vazar de dentro do Planalto informações sigilosas sobre o andamento da operação. Os publicitários também pretendem revelar como receberam caixa dois da Odebrecht em contas no Brasil e no exterior.

 

(Com reportagem de Renato Onofre)

 

Para ler a reportagem na íntegra, compre a edição desta semana de VEJA no iOSAndroid ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.