IMLB - Instituto Mãos Limpas Brasil

Missão: Ser a Entidade mais ética da História do Brasil

Diretor de Redação

Mtnos Calil

Login

NO BRASIL, um Diretor sem Diretoria do Senado, cujo título é só para justificar o salário, ganha o dobro de um Professor Universitário Federal Concursado, com Mestrado, Doutorado e PRESTÍGIO INTERNACIONAL.

 

Marcelo Adnet Fora Temer

Marcelo Adnet foi protagonista de mais um protesto político na tela da Rede Globo. O apresentador escreveu, durante o Adnight desta quinta-feira (15/9/2016)), a frase “Fora Temer” numa lousa durante uma brincadeira.

 

 

Notinha de português da redação: Se Mônica tem acento na silaba tônica “mô” porque não tem acento na sílaba tônica “bér”, sendo ambas as palavras proparoxítonas?).

 

 

O presidente Michel Temer é hoje um dos principais adversários do Ministério Público Federal, na opinião de procuradores da Operação Lava Jato.

 

GÁS
Eles consideram que todas as iniciativas do Congresso Nacional que visariam cercear o trabalho do MP –como a lei de abuso de autoridade – têm o dedo do governo Temer por trás. Sem esse apoio, acreditam, os parlamentares nada fariam.

GÁS 2
Na opinião de interlocutor dos procuradores, o que eles puderem fazer para "derreter" o governo, será feito.

 O Ministério Público Federal no Paraná negou as informações. Leia a nota enviada pela força-tarefa da Lava Jato:

GÁS 3
E os depoimentos de delatores da Odebrecht devem ser agregados à ação do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que investiga irregularidades na arrecadação de recursos da chapa de Dilma Rousseff e Temer na campanha de 2014. Uma condenação pode resultar até na cassação do mandato do atual presidente.

À ESPERA
A expectativa no próprio tribunal é de que o Ministério Público Federal apresente o conteúdo das delações depois que elas forem homologadas pelo ministro Teori Zavascki, do STF (Supremo Tribunal Federal).

À ESPERA 2
As delações poderão ser apensadas no TSE graças à decisão do ministro Herman Benjamin, relator da ação, de somente apresentar seu voto em 2017, e não até o fim deste ano, como estava previsto. Com isso, haverá tempo para que o STF homologue as delações e para que elas sejam eventualmente usadas na ação. O adiamento ocorreu porque as perícias sobre eventuais gastos irregulares da chapa não serão concluídas até dezembro.

O AZAR
O calendário, assim, jogou contra Dilma e Temer. Até agora, o único empresário que dizia que o dinheiro dado à campanha tinha sido propina, Otávio Azevedo, da Andrade Gutierrez, voltou atrás. Mas agora a Odebrecht deve reavivar o assunto.

 

=========================

 

ALMOÇO DE FINANÇAS
O presidente do Itaú, Roberto Setubal, e o presidente do conselho de administração do banco, Pedro Moreira Salles, estiveram no almoço de confraternização da Febraban e da CNF para dirigentes de bancos, na segunda (12). Compareceram ao encontro no hotel Unique o presidente do Santander Brasil, Sérgio Rial, o CEO do Credit Suisse no Brasil, José Olympio Pereira, o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco e presidente do conselho do Goldman Sachs no Brasil, Paulo Leme. O presidente da Febraban, Murilo Portugal, e o ex-ministro Nelson Jobim também estiveram no evento.

Pin It

Logo TAYSAM Web Design 147x29

Selo Google1