Brasília -  01/01/2011 - POLÍTICA - POSSE DA PRESIDENTA DILMA ROUSSEFF - OE - Presidenta Dilma Rousseff, manda beijo para populares observada pelo Vice-presidente Michel Temer no parlatorio do Palácio do Planalto. FOTO ROBERTO JAYME/AE

Brasília – 01/01/2011 Presidenta Dilma Rousseff, manda beijo para populares observada pelo Vice-presidente Michel Temer no parlatorio do Palácio do Planalto.
FOTO ROBERTO JAYME/AE

Apesar da ruptura política com o PMDB por causa do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, o PT não proibirá alianças com a legenda nas eleições municipais. Pelo contrário. Na tentativa de reconstrução da imagem do partido, desgastada pelo envolvimento nos escândalos do Petrolão e Mensalão, os petistas reconhecem que será preciso formar chapas fortes para brigar pelas principais prefeituras. Nesse caso, consideram que vetar acordos com o PMDB, maior sigla partidária do Brasil, seria um erro estratégico.

Em São Paulo, terra do vice-presidente Michel Temer, entretanto, essa aliança é considerada inviável já que os partidos serão adversários, com a disputa entre o prefeito Fernando Haddad (PT) e a senadora Marta Suplicy (PMDB).

05/05/201