IMLB - Instituto Mãos Limpas Brasil

Missão: Ser a Entidade mais ética da História do Brasil

Diretor de Redação

Mtnos Calil

Login

"Antigamente os cartazes nas ruas com rostos de criminosos oferecia recompensas, hoje em dia pede votos...
E o pior é que o BRASILEIRO dá...

Rousseff aceitou oferecer um de seus ministérios para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para evitar que ele seja preso na Lava Jato por uma decisão do juiz Sergio Moro. A informação é do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo a reportagem, há fortes temores na cúpula do governo de que as investigações possam tentar levar Lula à prisão, especialmente após sua condução coercitiva na última sexta-feira (4/3/2016).

Dilma e ministros reúnem-se com Lula em Brasília

A Presidente Dilma Rousseff se reuniu na noite sessa terça-feira (8) com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência. Também participaram da reunião o ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, e o ministro da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini.O encontro ocorre após a condução coercitiva do ex-presidente, feita pela Polícia Federal na última sexta-feira (4), no âmbito da Operação Lava Jato, que investiga denúncias de corrupção na Petrobras. Depois do depoimento, Dilma demostrou inconformidade e classificou de desnecessária a medida. No sábado (5), ela se encontrou com Lula em São Bernardo do Campo para se solidarizar com ele.

Desta vez, porém, as conversas podem ter girado em torno de temas mais políticos. O Palácio do Planalto busca evitar que haja confrontos entre manifestantes favoráveis e contrários ao governo e ao PT durante os protestos marcados para o domingo (13). O governo também mantém conversas com ministros e lideranças do PMDB sobre a convenção nacional do partido, marcada para sábado (12). Ontem, o ministro da Saúde, Marcelo Castro, disse esperar que a legenda, da qual faz parte, se mantenha na base governista

FSP - 9/03/2016

Pin It

Logo TAYSAM Web Design 147x29