O Poder Executivo continua fazendo sua parte, reduzindo despesas  para possibilitar o AJUSTE FISCAL  e equilibrar as finanças do país.

Entretanto, não vemos o mesmo gesto por parte dos membros dos PODERES  LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO, como:

Reduzir o valor de suas verbas indenizatórias e demais mordomias;

Reduzir o número de seus servidores e de cargos comissionados;

Acabar com o orçamento impositivo para as emendas parlamentares;

Aprovar uma PEC , estabelecendo que, nos órgãos dosTrês Poderes, seja obrigatório o teto salarial pago aos ministros do STF( computando-se apenas o valor do SUBSÍDIO ,sem o acréscimode quaisquer outras vantagens remuneratórias, tais como: auxílio aluguel,auxílio alimentação e outras  mordomias.

Se não fizermos uma ampla e urgente REFORMA POLÍTICA , por PLEBISCITO, com o aval da sociedade, debatendo propostas como as  acima apontadas e outras mais, o povo continuará escravo do voto  obrigatório e refém dos políticos profisssionais . Os aposentados,  trabalhadores, professores, médicos, servidores públicos e outras categorias profissionais e setores de produção  continuarão sendo  ex-plorados  enquanto os políticos continuarão sendo reeleitos ,  mantendo seus  régios empregos, suas mordomias   e altos salários e,talvez, envolvendo-se em outros escândalos de corrupção como os do MENSALÃO E PETROLÃO ,embora isto se tornou mais difícil com a inconstitucionalidade do financiamento privado de empresas decidido pelo STF.

"Cadê a Reforma Política do povo?Onde se esconderam as Vozes das Ruas?

A Diretoria do MPMPL-Juiz de Fora-MG-

Entre em nosso Site www.mpmpl.org clique nas notícias do  painel  e leia os últimos boletins