IMLB - Instituto Mãos Limpas Brasil

Missão: Ser a Entidade mais ética da História do Brasil

Diretor de Redação

Mtnos Calil

Login

"Antigamente os cartazes nas ruas com rostos de criminosos oferecia recompensas, hoje em dia pede votos...
E o pior é que o BRASILEIRO dá...

..Dilma no Rio: mercado refaz posições

Dilma no Rio: mercado refaz posições

O patamar da Bovespa e do dólar desta quinta-feira,23, sugere que o mercado financeiro deverá encerrar a semana amanhã, antes do dia de votação do segundo turno da eleição presidencial, com um viés claramente apontando para a reeleição de Dilma Rousseff.

O dólar começou o dia com tendência de alta, rompendo a barreira de R$ 2,50. A moeda acabou cotada a R$ 2,509, em alta de 0,84%. Essa foi a maior cotação em quase seis anos – desde 4 de dezembro de 2008.  A Bolsa operou em baixa o dia todo. O Ibovespa fechou em baixa de 3,24%, aos 50.712 pontos.

O mercado operou ansioso, na expectativa da divulgação de duas pesquisas de intenção de voto – Ibope e Datafolha – nesta quinta-feira e, pela trajetória dos preços dos ativos, é razoável concluir que os investidores esperam uma ampliação da liderança da candidata petista em relação ao tucano Aécio Neves.

Desde ontem, na realidade, é possível perceber um realinhamento das posições em bolsa e em câmbio em que um viés de reeleição de Dilma passa a ser precificado, ou seja, o mercado vai preferir seguir para o fim de semana decisivo numa aposta de vitória da petista em vez de arriscar na virada do tucano.

Não que as pesquisas de intenção de voto já indiquem a reeleição de Dilma. Longe disso. As pesquisas eleitorais ainda mostram um cenário inconclusivo da corrida presidencial. E, como vimos no primeiro turno com a reação vigorosa de Aécio, superando a então segunda colocada Marina Silva (PSB), tudo pode acontecer numa eleição permeada por tantas reviravoltas e imprevistos.

Todavia, pela direção dos preços dos ativos brasileiros, os investidores apostam que a dinâmica recente das duas campanhas endossa uma aposta do dinheiro – antes do domingo, dia de votação do segundo turno – na vitória de Dilma Rousseff, portanto, preferindo amanhecer no dia seguinte ao resultado eleitoral sem ter que enfrentar uma eventual correção forte.

Logo após o desfecho do primeiro turno, o patamar da Bovespa e do dólar refletiam uma aposta quase 50%-50% de vitória de Dilma ou de Aécio. Nos últimos dias, contudo, a precificação mudou. E hoje é razoável dizer que o mercado atribui uma probabilidade entre 65% e 70% de reeleição da presidente.

Se o Ibope e o Datafolha surpreenderem hoje e mostrarem uma ampliação da vantagem de Dilma sobre Aécio de 10 pontos porcentuais – o que hoje, ressalte-se, não está sendo esperado, pelo menos nos preços dos ativos – o mercado brasileiro amanhecerá nesta sexta-feira com uma queda adicional da Bovespa e uma nova valorização do dólar frente ao real.

Isso porque uma vantagem de 10 pontos – em comparação com quatro pontos de liderança conforme o último levantamento do Datafolha – seria interpretado como uma vitória garantida da petista no domingo. Mas isso, novamente, não é o esperado hoje. A expectativa ainda é de as pesquisas mostrarem, pelo menos até amanhã, uma indefinição quanto ao vencedor do pleito, mas o mercado financeiro não deve esperar essa definição por parte das pesquisas e sim preferirá apostar na dinâmica das duas campanhas nos últimos dias.

Obviamente que os resultados do Ibope e do Datafolha hoje podem mudar o cenário, mas esse é o sentimento na manhã desta quinta-feira.

E o que acontecerá na segunda-feira, quando o Brasil conhecer, de fato, o vencedor da eleição presidencial?

Se a vitória for de Dilma, dependerá muito do primeiro pronunciamento dela como presidente reeleita. Se ela apontar para algum ajuste na política econômica, os investidores ficarão animados em relação aos preços dos ativos brasileiros. Se ela não der qualquer pista, é possível até uma nova correção. Se o vitorioso for Aécio, então o espaço é de alta da Bovespa e de queda do dólar na reabertura dos negócios na segunda-feira.

Fábio Alves 

Estadão 

Pin It

Logo TAYSAM Web Design 147x29