IMLB - Instituto Mãos Limpas Brasil

Missão: Ser a Entidade mais ética da História do Brasil

Diretor de Redação

Mtnos Calil

Login

NO BRASIL, um ascensorista da Câmara Federal, ganha mais para servir os elevadores da Casa, do que um Oficial da Força Aérea, que pilota um Mirage.

 

Devo agradecer muito ao colunista da Folha Helio Schwartsman, bacharel em filosofia,  por essa defesa de Bolsonaro (v.abaixo), que me estimulou a desenvolver uma outra idéia  bizarra que é a “ditadura generosa”. Ocorre que, como muitos defensores da democracia vigente no mundo já reconhecem, a dita “democracia representativa”  fracassou pela simples razão de que os políticos eleitos representam principalmente os próprios interesses e dos grupos financeiros e empresariais que financiam as suas campanhas e que compram seus votos no parlamento, às vezes de maneira escancarada como ocorre com o “lobismo” protegido até pela lei. É por exemplo, com base na lei americana lobista que a indústria farmacêutica compra os parlamentares dos EUA. Uma das barbáries desta indústria foi se posicionar contra campanhas preventivas do câncer que deram bons resultados em alguns países da Europa.

A ficção bizarra da ditadura generosa consiste nestas providências, dentre outras: 

1.  Implantar o programa de renda mínima que reza o seguinte: todos os seres humanos têm o direito, assegurado por lei, de viver em casas de alvenaria e se alimentar de acordo com uma dieta à base de produtos saudáveis.

2. Acabar com todas as favelas substituindo-as por habitações ditas dignas.

3. Implantar o programa de educação básica que reza o seguinte: todos os seres humanos têm direito a uma educação de qualidade que lhes permita ingressar nas universidades.

4. Promover a reforma do ensino em todos os níveis, reciclando os professores e reeducando os educadores

5. Criar uma emissora de TV com a finalidade de passar a limpo todas as “as bizarrices”  que a mídia divulga e de conter  todos os abusos da mídia, que em nome da sagrada liberdade de imprensa faz uma verdadeira apologia  do crime, seja transformando as atividades criminosas em espetáculo, seja mostrando aos criminosos iniciantes as novidades dos crimes organizado e desorganizado. A intenção da mídia não é promover o crime. Isso não a exime,  porém, da responsabilidade sobre o próprio crime, que no caso é culposo. (sem a intenção de...)

6. Obrigar todos os veículos de comunicação de médio e grande porte a contratarem um ombudsman remunerado pelo Estado e formado na “Escola Nacional de Ombudsman”.

7. Acabar com o direito de apenas alguns privilegiados terem bons advogados, visto que não pode existir justiça que dependa de quanto se pague aos advogados. 

8. Acabar com o direito de os políticos nomearem juízes e promotores para qualquer função.

9. Permitir que as pessoas adotem o sexo que quiserem, que homens casem com homens e que mulheres casem com mulheres, mas PROIBIR QUE CRIANÇAS SEJAM EDUCADAS POR PESSOAS DO MESMO SEXO, já que a natureza ainda não permite a reprodução de nossa espécie através da relação sexual entre pessoas do mesmo sexo. As crianças poderão escolher o seu “gênero” mas só depois que tiverem vivido a experiência de ter um pai homem como referência para as crianças do sexo masculino e uma mãe mulher como referência para as crianças do sexo feminino.

10. Acabar com a superpopulação urbana, promovendo a mudança das pessoas para outras cidades (no caso de São Paulo, uma pesquisa revelou que mais da metade da população gostaria de mudar de cidade).

11. Instituir o trabalho obrigatório para todos os presidiários de baixa renda, transferindo 80% dos salários para as famílias.

12. Instituir o ensino profissionalizante para todos os presidiários.

13. Implantar o “Bolsa até 2 filhos” para todas as famílias de baixa renda que tiverem no máximo 2 filhos.

14. Obrigar todas as pessoas a limparem diariamente a calçada de suas casas e edifícios.

15. Prender por 3 horas todas as pessoas que jogam lixo nas ruas. Aumentar a carga horária da prisão para os reincidentes.

16. Promover uma campanha permanente com base neste paradigma existencial: amar ao próximo como a si mesmo.

17. Promover uma campanha permanente contra todas as campanhas publicitárias que apelam para as emoções dos consumidores, transformando as pessoas em máquinas compulsivas de consumo.

18. Restringir a venda de cigarros a determinados pontos de venda, excluindo todos os estabelecimentos comerciais que vendem alimentos.

19. Fechar todos os bares às 22 hs.

20. Proibir todo e qualquer tipo de publicidade de bebidas alcoólicas.

21. Proibir todo e qualquer tipo de publicidade comercial para crianças e adolescentes com menos de 16 anos.

22. Proibir a participação de crianças e adolescentes com menos de 16 anos em qualquer publicidade comercial.

23. Incentivar todas as pessoas a participarem de alguma modalidade de psicoterapia de grupo de modo a conter a esquizofrenia social que está se disseminando pelo planeta.

24. Estabelecer o IMPOSTO PROPORCIONAL, de modo que os mais ricos paguem mais impostos que os mais pobres.

25. Implantar um sistema de nota fiscal eletrônica que cruze dos dados da receita das empresas com seus relatórios contábeis.

26. Proibir a circulação de automóveis com menos de 2 pessoas e  incentivar a carona.

27. Implantar um sistema de rodízio na circulação de automóveis visando reduzir drasticamente o congestionamento.

28. Conceder benefícios trabalhistas às empresas que contratem funcionários que residam perto do local de trabalho.

29. Todos os candidatos a qualquer posto eletivo devem ser formados na Escola Nacional de Cidadania

30. Todos os eleitos para o poder executivo – Presidente da República, Governador e Prefeito devem ter como vice um PROFISSIONAL GABARITADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA.

31. Acabar com os partidos políticos.

32. Outras medidas autoritárias generosas e não generosas.

Pin It

Logo TAYSAM Web Design 147x29

Selo Google1