IMLB - Instituto Mãos Limpas Brasil

Missão: Ser a Entidade mais ética da História do Brasil

Diretor de Redação

Mtnos Calil

Login

 

No Brasil, um Assessor de 3º nível de um Deputado, que também tem esse título para justificar seus ganhos, mas que não passa de um "aspone" ou mero estafeta de correspondências, ganha mais que um Cientista-pesquisador da Fundação Instituto Oswaldo Cruz, com muitos anos de formado, que dedica o seu tempo e a sua vida, buscando curas e vacinas para salvar vidas.

 

O projeto de orçamento divulgado pelo presidente dos EUA prevê cortes em importantes programas sociais e no Departamento de Estado

 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, divulgou nesta quinta-feira a primeira versão de seu projeto orçamentário para o país. A fim de compensar os aumentos nos gastos com armas, segurança nas fronteiras e outros instrumentos de defesa, o presidente americano propôs cortes em programas de assistência social e no Departamento de Estado.

 

Na administração Trump, a segurança aérea e naval americana, assim como a fiscalização das fronteiras e o controle da imigração são prioridades. Por outro lado, os Departamentos de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Saúde e Serviços Humanos, e Educação sofrerão cortes de mais de 10% em seus orçamentos caso a proposta seja aprovada. A Agência de Proteção Ambiental e o Departamento de Estado seriam os mais prejudicados, com cortes de 31,4% e 28,7%, respectivamente.

 

Trump pretende injetar mais 54 bilhões de dólares no orçamento destinado ao Ministério da Defesa americano para, entre outras coisas, ampliar a frota naval e de jatos dos EUA. Além disso, a proposta prevê a injeção de 314 milhões de dólares nas forças que controlam as fronteiras e a imigração e a privatização do sistema de controle aéreo do país, para modernizar o atual.

 

Cortes

 

Para o presidente americano, a Corporação de Serviços Legais do governo, que fornece auxílio judicial e advogados gratuitos a quase 2 milhões de pessoas ao ano, é dispensável. O plano de Trump é suspender totalmente o projeto que auxilia mulheres a conseguirem ordens de restrição contra parentes agressivos e cidadãos de baixa renda a contratarem advogados para problemas relacionados à habitação.

 

O magnata também quer eliminar um programa de assistência social que ajuda famílias carentes a arcar com suas contas de energia elétrica. Segundo a administração do projeto, mais de 7.500 casas na área rural de Massachusetts foram atendidas no último ano e o corte seria devastador para a região.

 

O plano orçamental de Trump deve ser aprovado pelo Congresso antes de entrar em vigor. A proposta pode sofrer alterações ao longo do processo, mas representa um esboço das prioridades da administração e da visão do novo presidente para o país.

 

Pin It

Logo TAYSAM Web Design 147x29

Selo Google1