Devido à decepção dos eleitores  com os eternos políticos profissionais e com o nosso  nojento e corrupto sistema político eleitoral e partidário, há uma previsão de que, nestas eleições municipais, haverá um alto índice de  anulação do voto obrigatório,  calculado  em 30% dos 140 milhões de votantes.

 

Se isso realmente acontecer , 42 milhões de brasileiros desiludidos  deixarão de votar   em decorrência  da revalidação do voto obrigatório, colocado na goela do eleitor, aprovada na  última reforminha eleitoral  do ex- presidente da câmara, o cassado  deputado  Eduardo Cunha e com o aval do atual Presidente da Câmara, Rodrigo Maia,  que já promete  aprovar outra reforminha eleitoral para reduzir o número de partidos políticos , ignorando a principal mudança  que o povo sempre sonhou , a reforma política por plebiscito e constituinte exclusiva para moralizar  nosso arcaico, perdulário, corporativista , nepotista  e corrupto sistema político sob o comando do poder legislativo.

Ac o r d a   B r a s i l!

José lopes Filho- cidadão com 99 anos de idade e fundador do movimento

Popular Pró-Moralização do Poder Legislativo- MPMPL- Juiz de Fora-MG.

Visite nosso site www.mpmpl.org e escreva-nos para [email protected]