IMLB - Instituto Mãos Limpas Brasil

Missão: Ser a Entidade mais ética da História do Brasil

Diretor de Redação

Mtnos Calil

Login

NO BRASIL, um motorista do Senado, ganha mais para dirigir um automóvel, do que um Oficial da Marinha, para comandar uma fragata!

Luiz Sefair em foto de 1969 

Há anos, após o exercício do mandato de Deputado Federal, venho me dedicando a escrever artigos sobre questões de natureza política e social alguns dos quais, de quando em vez, têm sido publicados pela Imprensa mineira, em especial, pela Tribuna de Minas e Jornal O Tempo, entre outros.

Para extravasar minha alma cívica, tenho procurado apontar as falhas do arcaico sistema político brasileiro que é, a meu juízo, a causa principal dos desmandos morais e éticos que, sob o comando dos agentes políticos, eleitos e/ou nomeados para os milhares de cargos comissionados da administração pública, proliferam com criminosa frequência.

O que sabemos, hoje, graças às operações lava jato, acontece, Brasil afora, em quase todas as Empresas Estatais. O Congresso Nacional, a julgarmos pelo comportamento prático da maioria esmagadora dos parlamentares que o integram, por culpa do falido, carcomido e capenga sistema eleitoral vigente, com o passar dos anos, foi sendo transformado no "Castelo de Vampiros" dos dias atuais.

Seus membros, na sua quase totalidade, a julgarmos pela qualidade ética do Presidente da Câmara dos Deputados - Eduardo Cunha -, sugam o sangue da família brasileira de forma deslavada, impiedosa e, quase sempre, impunemente. Isso, porquanto, a partir, do inusitado Governo do Presidente José Sarney - que foi desastroso, porquanto, nascido de uma fatalidade representada pela doença seguida de morte do Presidente eleito Tancredo Neves! -, a situação política e econômica do país tem sofrido enormes e constantes quedas de qualidade e, a meu juízo, vai continuar desabando enquanto não forem votadas e aprovadas novas regras capazes de disciplinar os processos eleitoral e partidário que aí estão, há décadas, com prazo de validade vencida.

Houve um momento em que, por iniciativa da sociedade civil, tivemos a nítida impressão de que as coisas iriam melhorar e os nossos agentes políticos eleitos - em especial, para a Câmara Dos Deputados e para o Senado da República -, iriam começar a corresponder às expectativas nacionais. Ledo engano! O Projeto de LEI de iniciativa popular  relativo à FICHA LIMPA, somente foi incluído na pauta para votação pelo então Presidente da Câmara dos Deputados e do PMDB - MICHEL TEMER -, após a aprovação de uma Emenda Modificativa que alterou enormemente o espírito  do Projeto de Lei que, originalmente, propunha que pessoas já julgadas e condenadas em primeira instância, não poderiam concorrer às eleições partidárias por um período mínimo de 08 anos. Incrível! Se essa proposta original tivesse sido aprovada, cerca de 163 Deputados Federais e/ou Senadores - do PMDB e Partidos aliados, principalmente, - que estavam no exercício do mandato, não poderiam concorrer às eleições seguintes, pois, já haviam sido condenados em primeira instância.

Ali poderia ter começado a grande faxina da política brasileira! Todavia, graças a essa manobra maquiavélica de alterar e modificar a redação original do referido Projeto de Lei, ao invés de começarmos a limpar a sujeira moral e ética então existente no meio político brasileiro, essa desgraça acabou se avolumando e proliferando.

Urge, pois, que esse terrível mal seja cortado pela raiz. Vale dizer: uma ampla, geral e irrestrita reforma política precisa ser feita mas, com urgência. Sem que isso aconteça, vamos continuar enxugando gelo, indefinidamente. Como, infelizmente, não podemos confiar na quase totalidade dos nossos congressistas - em que pese a existência de parlamentares probos no seu meio -, cabe à sociedade civil organizada, a exemplo do que fez em relação ao Projeto da Ficha Limpa, movimentar-se em defesa dos interesses pátrios propondo, junto com a correção da referida emenda modificativa, a convocação de uma Assembleia Nacional Constituinte Exclusiva, isto é, verdadeiramente livre, soberana e autenticamente patriótica. Sem isso, infelizmente, vamos continuar vivenciando temeridades, de crise em crise, até o desastre final.

Aí, então, salve-se quem puder. Se puder!

LUIZ SEFAIR

Ex-Deputado Federal (MG)   Tels.: 32 - 3218-2150  /  9-9103-2906

 

Pin It

Logo TAYSAM Web Design 147x29

Selo Google1