IMLB - Instituto Mãos Limpas Brasil

Missão: Ser a Entidade mais ética da História do Brasil

Diretor de Redação

Mtnos Calil

Login

NO BRASIL, um motorista do Senado, ganha mais para dirigir um automóvel, do que um Oficial da Marinha, para comandar uma fragata!

A legislação eleitoral, tal como está, impede que o nosso processo de eleições se democratize. Estamos num mar de lama infecta.O Congresso Nacional, por sua vez, não representa, condignamente, os interesses da Nação brasileira. Sucessivos governos, a partir de José Sarney, foram omissos e, propositadamente, não fizeram a reforma política que interessa à sociedade como um todo. Apenas remendos! Graças a isso, os mais de 30 "partidos" que aí estão, continuam sendo de natureza cartorial.

Vale dizer: servem quase que somente para encaminhar ao TSE, para registro, as respectivas listas dos candidatos indicados pelas respectivas Convenções Partidárias e só. Tais listas, em geral, quase sempre, saem do bolso dos coletes dos próprios dirigentes partidários que, na prática, agem como se fossem donos das legendas que "dirigem" e buscam, quase sempre, atenderem aos interesses inconfessáveis deles próprios. Covardemente, a sociedade se acomoda, se omite e não se rebela e, por isso, se fragiliza. Em razão disso, os quadros não se renovam e nem se aprimoram. O Congresso Nacional, de onde devem partir as Leis ordinárias que regem a sociedade, tem tido uma atuação literalmente ordinária e cretina.

Castelo de vampiros, a julgarmos pelas cabeças infectas e bandidas que o dirigem, bem que poderia ser o seu verdadeiro nome de batismo. Graças a tudo isso, os quadros, a partir do município, não se renovam e os institutos da reeleição e das coligações partidárias aí estão para confirmá-lo.

Apesar de todos esses entraves, de toda essa balbúrdia, e, em que pese todos os esforços dos inimigos da Pátria em contrário, é forçoso reconhecermos que o Brasil é bem maior e ainda tem jeito. Cumpre-nos, apenas, termos fé e acreditar em nossas potencialidades próprias que, felizmente, são muitas e imensuráveis. Só assim vamos conseguir nos levantar, "sacudir a poeira e dar a volta por cima".

Mas, verdade seja dita, não podemos ter pressa! Afinal, o Brasil é bem maior do que a cratera em que, maus brasileiros de espírito e índole bandida querem soterrá-lo. Logo, é nosso irrecusável dever de cidadania impedi-lo! Basta que somemos nossas forças em torno de um projeto maiúsculo e patriótico. Sim! Não podemos nos omitir e nem nos acovardar. Essa é a causa cívica que nos cabe, a todos nós, abraçar com amor patriótico e determinação. Nós, brasileiros de todos os matizes, temos que começar a torcer pelo Brasil com o mesmo ímpeto e o mesmo entusiasmo com que o fazemos nos estádios de futebol. Até porque, nosso time do coração tem que ser o Brasil! A caminhada é longa, mas, se todos quisermos poderemos chegar a um porto seguro desde que, sem medo, saibamos dar o primeiro passo.

E esse passo tem nome e sobrenome: VOTO CONSCIENTEMENTE PENSADO E ANALISADO. Vale dizer: temos que começar a votar com a cabeça erguida e torcer - em uníssono - para que o Brasil acerte o passo e volte a dar certo. Até porque, o Brasil não é o PT, nem o PSDB nem nenhum dos outros par-ti-dos políticos que aí estão. O BRASIL somos todos nós e ponto final. Verdade seja dita: estamos, quase todos, num mar de lama infecta. Começar a votar com a cabeça erguida e torcer para que o Brasil acerte o passo e volte a dar certo é dever irrecusável de todos nós. Até porque, o naufrágio nos atinge a todos. Indistintamente! Inclusive a eles! Logo, todos somos responsáveis!

 

Pin It

Logo TAYSAM Web Design 147x29

Selo Google1