Instituto Mãos Limpas Brasil

Missão: Ser a Entidade mais ética da História do Brasil

Diretor de Redação

Mtnos Calil

Login

"Antigamente os cartazes nas ruas com rostos de criminosos oferecia recompensas, hoje em dia pede votos...
E o pior é que o BRASILEIRO dá...

Big Brother Eleitoral - Com campanha online para Deputado Federal, Samuel Shael nº 2016, utiliza Youtube e as redes sociais, Orkut, FaceBook e Twiter, para conscientizar o eleitor com vídeos diários.

 

Diferentemente das tradicionais panfletagens nas esquinas e no semáforo, a campanha eleitoral do candidato a deputado federal Samuel Shael do PSC nº 2016, inova pela simplicidade e franqueza ao encarar os problemas brasileiros através de vídeos criativos e diários.

Precursor do Movimento Reforma Brasil, um projeto de iniciativa popular de combate à corrupção e a favor da reforma política, Samuel Shael, no auge de seus 40 anos, aposta na web para divulgação de sua campanha online. Dentre suas apostas está: um canal exclusivo no YouTube, um blog, um perfil no Facebook, no Orkut e no Twitter onde expõe seus pontos de vista acerca de vários problemas sociais propondo soluções e convidando o internauta ao patriotismo.

O Big Brother Eleitoral, nome dado a sua campanha, tem como estratégia de comunicação, a postagem diária de vídeos caseiros (com pouca edição) cujo conteúdo fala mais alto. Vários temas são abordados, como: transporte público, injustiça social, saúde,eleições, constituição brasileira entre outros de importância e conscientização.

Com baixo custo e grande empenho, as contribuições chegam de amigos e daqueles que apostam em suas ideias. Há até mesmo pessoas que, no momento da campanha, acreditam na proposta e se predispõe a ajudá-lo com o que pode. O vídeo abaixo ilustra bem este acontecimento:

    
Há também um vídeo sobre sua campanha eleitoral nas ruas, nos ônibus que relata a realidade na periferia de São Paulo, onde os candidatos estão muito mais empenhados na divulgação de suas legendas do que nas regiões mais centrais da cidade que possui um poder aquisitivo mais alto e o contingente menor. Lógico, mas vale uma reflexão!
 
Vídeo 16
 
Diante desta estratégia eleitoral na internet e após o 1º Debate Online com os presidenciáveis, é notório que a internet se firma como o meio mais democrático onde um cidadão comum pode ganhar enorme visibilidade perante seus ideais, alcançando um número inimaginável de ouvintes/telespectadores que perpetuam a sua mensagem de forma gratuita e pró-ativa. Talvez seja esta a analogia mais próxima entre as palavras democracia e as eleições:o poder de fazer ecoar, pelos confins da web, o clamor de todos!

   O que faz um Deputado Federal e qual o papel do poder Legislativo?

 
Os deputados federais têm como principais responsabilidades representar o povo brasileiro, elaborar leis e fiscalizar a aplicação do dinheiro público. Também são prerrogativas da Câmara dos Deputados, entre outras coisas, a autorização para instauração de processo contra o Presidente e Vice-Presidente da República e os Ministros de Estado; a tomada de contas do Presidente da República, quando não apresentadas no prazo constitucional.
 
 
Rotina do Parlamentar
 
A rotina do parlamentar na Casa divide-se fundamentalmente em atividades em plenário e nas comissões. Os dias em que há maior atividade na Casa são terça, quarta e quinta-feira, quando há Ordem do Dia (votações) em Plenário e trabalho das comissões.

A Ordem do Dia é o momento da sessão em que são analisados e votados os projetos em pauta. Elas acontecem nas tardes de terça-feira e quarta-feira, nas manhãs e de quinta e, às vezes, nas manhãs de sexta. Neste momento, o trabalho das comissões precisa ser interrompido e os deputados devem se dirigir ao Plenário. Nas segundas e sextas, acontecem as sessões ordinárias não-deliberativas, sem votações, mas com discursos dos parlamentares.

As Comissões

As comissões são órgãos temáticos encarregados de discutir e votar projetos, promovendo, inclusive, debates com convidados. Elas podem ser permanentes ou temporárias. As primeiras, que somam 22, fazem parte da estrutura institucional da Casa. A mais importante delas é a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, pela qual passam todos os projetos. É nessas comissões que as matérias em tramitação na Casa é analisada e debatida pelos parlamentares. Muitos dos projetos em análise na Câmara não precisam ser votados pelo plenário, bastando a votação nas comissões. É o que se chama de tramitação em caráter conclusivo.

As comissões temporárias podem ser especiais ou de inquérito – as chamadas CPIs. Elas encerram suas atividades ao término da legislatura, quando alcançado seu objetivo, ou se o prazo de duração dos trabalhos expirar.

Nas comissões permanentes, que se reúnem em média duas vezes por semana, o deputado pode ser designado como relator de projetos. Nesse papel, ele deve apresentar um parecer pela aprovação ou rejeição do projeto, ou ainda um texto que irá substituir o projeto original (substitutivo). O deputado também pode requerer a realização de audiências públicas ou seminários com a finalidade de discutir temas de interesse da comissão.

Registro de Frequencia


Para registrar a presença dos parlamentares na Casa, em plenário e nas votações nominais, a Câmara adotou o Sistema Eletrônico de Votação (SEV). O registro eletrônico é feito por meio da impressão digital do deputado, coletada em postos específicos localizados no plenário.

O deputado precisa registrar a freqüência na Casa todos os dias úteis (de segunda a sexta-feira). O registro da presença é importante para se ter o quorum de abertura das sessões. Nos dias em que há sessão deliberativa (com votações), o parlamentar deve registrar presença em Plenário, que será utilizada para quorum de abertura da Ordem do Dia. O registro da presença em plenário dispensa o registro de presença na Casa.

O papel dop Poder Legislativo

Compõem o Poder Legislativo (art. 44 da Constituição Federal) a Câmara dos Deputados (com representantes do povo brasileiro), o Senado Federal (com representantes dos Estados e do Distrito Federal), e o Tribunal de Contas da União(órgão que presta auxílio ao Congresso Nacional nas atividades de controle e fiscalização externa).

O Congresso Nacional tem como principais responsabilidades elaborar as leis e proceder à fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial da União e das entidades da Administração direta e indireta.

O sistema bicameral adotado pelo Brasil prevê a manifestação das duas Casas na elaboração das normas jurídicas. Isto é, se uma matéria tem início na Câmara dos Deputados, o Senado fará a sua revisão, e vice-versa, à exceção de matérias privativas de cada órgão.

As competências privativas da Câmara dos Deputados , conforme o art. 51 da Constituição Federal, incluem: a autorização para instauração de processo contra o Presidente e o Vice-Presidente da República e os Ministros de Estado; a tomada de contas do Presidente da República, quando não apresentadas no prazo constitucional; a elaboração do Regimento Interno; a disposição sobre organização, funcionamento, polícia, criação, transformação ou extinção dos cargos, empregos e funções de seus serviços e a iniciativa de lei para a fixação da respectiva remuneração, observados os parâmetros estabelecidos na Lei de Diretrizes Orçamentárias, e a eleição dos membros do Conselho da República.

A Câmara dos Deputados é a Casa em que tem início o trâmite da maioria das proposições legislativas. Órgão de representação mais imediata do povo, centraliza muitos dos maiores debates e decisões de importância nacional.


Fonte: Agência Câmara em 20/08/2010
Pin It

Logo TAYSAM Web Design 147x29