IMLB - Instituto Mãos Limpas Brasil

Missão: Ser a Entidade mais ética da História do Brasil

Diretor de Redação

Mtnos Calil

Login

NO BRASIL, um ascensorista da Câmara Federal, ganha mais para servir os elevadores da Casa, do que um Oficial da Força Aérea, que pilota um Mirage.

Senadoras comem na Mesa Diretora - Foto: André Dusek/Estadão

Senadoras comem na mesa diretora 

 

Após quatro horas, luzes do plenário são religadas; presidente do Senado afirma que não vai acionar a polícia: 'Sessão será retomada quando a ditadura deixar'

 

 

Elaborada pela equipe econômica do presidente Michel Temer, a reforma trabalhista altera as relações de trabalho entre patrão e empregado. Entre as principais mudanças, está o fortalecimento dos acordos fechados diretamente entre as partes, que passam a ter prevalência sobre as determinações previstas na lei. (Fernando Nakagawa, Julia Lindner, Thiago Faria).

ACOMPANHE AO VIVO aqui: http://economia.estadao.com.br/ao-vivo/reformatrabalhista

17h03 - 11/07/2017

O senador João Alberto (PMDB-MA) tentou há pouco retomar a sessão do plenário do Senado, após quase cinco horas de interrupção das atividades. O senador ameaçou usar um dos microfones da mesa, mas foi impedido pelas parlamentares da oposição que seguem ocupando todas as cadeiras da mesa diretora do Senado.

Após a tentativa frustrada de João Alberto, senadoras da oposição e o senador discutiram rapidamente e o parlamentar segue em pé ao lado das senadoras. A obstrução à sessão do Senado que iria votar a reforma trabalhista é liderada pelas senadoras Gleisi Hoffmann (PT-PR) e Fátima Bezerra (PT-RN).

No plenário, estão vários dos senadores da oposição e poucos da base governista, entre eles o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR). (Fernando Nakagawa, Júlia Lindner e Thiago Faria) 

 

 

 

Pin It

Logo TAYSAM Web Design 147x29

Selo Google1