Instituto Mãos Limpas Brasil

Missão: Ser a Entidade mais ética da História do Brasil

Diretor de Redação

Mtnos Calil

Login

"Antigamente os cartazes nas ruas com rostos de criminosos oferecia recompensas, hoje em dia pede votos...
E o pior é que o BRASILEIRO dá...

 

A Câmara Municipal da cidade mineira de Guaxupé ficou parecida com o tabuleiro do jogo “Resta Um”, após uma decisão da Justiça que condenou 12 dos 13 vereadores por improbidade administrativa e determinou a perda da função pública deles. O escândalo se arrasta desde o começo do ano e ficou conhecido como a “farra das diárias”.

 O Ministério Público de Minas Gerais acusa os vereadores de aumentar os valores das diárias recebidas por eles, por meio de ‘manobras legislativas’. A esperteza dos parlamentares causou prejuízos de R$ 159 milhões aos cofres públicos.

Na época em que a denúncia foi aceita pelo juiz Milton Biagioni Furquin, da 1ª Vara Cível de Guaxupé, houve uma confusão por parte da imprensa, que divulgou que os 12 vereadores haviam sido cassados. Os vereadores foram pra cima dos jornalistas e entraram com 80 processos contra eles.  

Nesta semana, após avaliar a denúncia do MP-MG, o juiz apresentou sua sentença. Ao condenar os vereadores, Furquin cita que os parlamentares “não têm aptidão para o exercício do cargo que lhes foi confiado, traindo as instituições públicas e os princípios que regem a administração”. Além das perdas dos mandatos, cada um deverá pagar uma multa equivalente a três vezes o valor individual que o teria beneficiado. Como essa decisão é em primeira instância, todos eles poderão recorrer.

Agora, depois desse ‘boliche’ na Câmara Municipal de Guaxupé você pergunta: mas, se resta apenas um vereador, o que será da legislação local? Ah, mas antes de responder a essa pergunta, uma imagem nostálgica do jogo “Resta Um”, febre nos anos 80. O objetivo era deixar apenas uma peça no tabuleiro, promovendo uma série de movimentos semelhantes ao do xadrez. A peça que era ‘saltada’ sairia do tabuleiro.

Bem, retomando o caso de Guaxupé, dos 13 vereadores, 12 serão cassados. Esses vereadores têm suplentes. E são eles que ocuparão os cargos. Como estamos a beira das eleições municipais, cabe à população (ou à Lei da Ficha Limpa) não permitir a entrada de novos corruptos na Câmara Municipal da cidade.

Pin It

Logo TAYSAM Web Design 147x29