Instituto Mãos Limpas Brasil

Missão: Ser a Entidade mais ética da História do Brasil

Diretor de Redação

Mtnos Calil

Login

"Antigamente os cartazes nas ruas com rostos de criminosos oferecia recompensas, hoje em dia pede votos...
E o pior é que o BRASILEIRO dá...

Valeria Lukyanova

Personalidades que se transformaram em bonecos humanos

Todos (exceto os videntes e profetas) dizem que o futuro é imprevisível. Mas, como tem dito o coordenador do Instituto Mãos Limpas Brasil,  uma parte do futuro é sim previsível. Existem duas bases principais para se prever uma parte do futuro: as megatendências e os aspectos hereditários da natureza humana que se transmitem de geração em geração através dos tempos.

A esquizofrenia social que os profissionais da área "psi" ainda não descobriram,  é uma das megatendências em curso.  Na loucura o ser humano realiza toda e qualquer forma de prazer, sendo que o principal sentido da vida está no prazer de viver. A distinção entre o prazer normal e o louco, porém,  vai cada vez mais se diluindo, dando lugar à patologia da normalidade, que já usa o termo loucura como algo positivo, fantástico, como diria a Rede Globo: É FANTÁSTICO!!!

Na sociedade do espetáculo em que vivemos, tudo aquilo que foge do que chamamos de normalidade fascina o nosso sistema cérebro-mente que é fortemente dominado pelas imagens. Para sobrevivermos foi essencial no passado (e continua sendo hoje) a percepção do perigo através da imagem. Nós fomos condicionados pela evolução genética a dar o máximo de atenção às imagens. Isso explica o “fantástico” sucesso da televisão que levou as imagens do cinema para todos os lares.

Como narra o mito de Narciso, esse personagem adorava ver a imagem de seu corpo refletida na água. Hoje milhões e milhões de humanos adoram ver a sua imagem refletida no espelho. Até recentemente, apenas os famosos poderiam se exibir nos palcos televisivos. Com o advento da internet, e especialmente das redes sociais – uma delas, não por acaso tem o nome de FACEbook – todos os seres humanos podem ter seu “circulo de fama e prestígio” onde podem desfilar,  para  assim atender  a sua necessidade narcísica até então reprimida.

Um dos efeitos da imagem é que ela substitui o pensamento. Como diz o ditado “Está na cara”, referindo-se a qualquer coisa evidente, dispensando assim o incômodo esforço de pensar para descobrir o que está por trás das aparências. A nossa sociedade de consumo, através dos seus produtos de beleza (o Brasil é o terceiro maior consumidor de produtos cosméticos do planeta) e da mídia, levou o narcisismo a um nivel jamais imaginado pelos marketeiros – em busca da imagem perfeita, alguns humanos estão se tranformando em bonecos ambulantes, como mostra essa matéria da revista Veja.

Psicanalista Social 

 

Barbie e Ken são inspiração para homens e mulheres que se submetem a tratamentos estéticos em busca da aparência perfeita

Cintura fina, olhos grande, peitoral avantajado e cabelo no lugar. As características dos bonecos Barbie e Ken, da Mattel, se tornou inspiração para jovens de todo o mundo que se autointitulam como brinquedos humanos. Caso de Celso Santebañes, o jovem modelo de 21 anos morto nesta quinta-feiraapós uma batalha contra uma leucemia, ficou conhecido por fazer diversos tratamentos estéticos e utilizar maquiagem para ficar com aparência semelhante à do boneco. O mineiro, no entanto, não está sozinho entre os obcecados pela estética perfeita. Conheça alguns dos jovens que se inspiraram nos ícones da Mattel:
Personalidades que se transformaram em bonecos humanos
Valeria Lukyanova
  • Valeria Lukyanova

    A modelo ucraniana de 29 anos pesa 42 quilos e tem 1,70m de altura. Para se parecer com a boneca Barbie, ela usa maquiagem e lentes de contato – e garante que a única cirurgia plástica que fez foi colocar implantes de silicone nos seios. Valeria foi vencedora do concurso de beleza Miss Diamond Crown of the World em 2007, mas se tornou conhecida mesmo quando começou a imitar a boneca da Mattel em fotos que postava em suas redes sociais. Para manter a forma, a modelo segue uma dieta rigorosa, composta por pequenas porções de peixe cru, sucos de frutas e água.

  • KotaKoti
    A cosplayer KotaKoti, 19 anos, vive em Tóquio, no Japão, e ficou famosa aos 16 ao publicar suas fotos em um blog, onde também posta textos infantis e vídeos com tutoriais de beleza. Pouco se sabe da moça, que ficou popular na Ásia ao misturar em seu visual o estilo da boneca Barbie e dos icônicos animes japoneses. Entre suas poucas revelações, está a garantia de que tudo em si é natural — garante ela.
  • Justin Jedlica
    Justin Jedlica - 
    O americano Justin Jedlica é outro que se inspirou no namorado da boneca Barbie e decidiu se autointitular Ken humano. Em suas palavras, ele fez “centenas de procedimentos cosméticos” para se parecer com o boneco. Em seu site oficial, o garoto de Nova York garante que não tem planos de parar com as cirurgias plásticas.
Pin It

Logo TAYSAM Web Design 147x29