Instituto Mãos Limpas Brasil

Missão: Ser a Entidade mais ética da História do Brasil

Diretor de Redação

Mtnos Calil

Login

"Antigamente os cartazes nas ruas com rostos de criminosos oferecia recompensas, hoje em dia pede votos...
E o pior é que o BRASILEIRO dá...

Existiria exemplo mais significativo da falta de seriedade da política do que o Tiririca?

Inspirados no aforismo biblíco "Dize-me com quem andas que te direi quem és", vamos informar quem são os colegas e apoiadores de Tiririca, começando com essas duas matérias do G1 e do Uol. 

 

O deputado federal Tiririca (PR-SP), ao lado do líder do PR, Anthony Garotinho (RJ) e do senador Antonio Carlos Rodrigues (PR-SP) (Foto: Isaura Morgana/G1)
 
O deputado federal Tiririca (PR-SP), ao lado do líder do PR, Anthony Garotinho (RJ) e do senador Antonio Carlos Rodrigues (PR-SP) (Foto: Isaura Morgana/G1)
 
 

Depois de um período de frustração com a vida parlamentar, o deputado federal Tiririca (PR-SP) afirmou nesta terça-feira (28), após reunião com a cúpula do PR, que vai continuar na "vida política".

 

Aos correligionários, o deputado se comprometeu a permanecer no PR e que estará a disposição do partido para disputar novos mandatos em cargos públicos a partir de 2014.

 

“Quero dizer que continuo na vida política, na vida pública. Vou continuar no partido”, afirmou. “Continuo na política, tô firme, tô com vontade, tô feliz”, disse Tiririca.

O deputado, no entanto, não antecipou se pretende concorrer a deputado federal ou outro cargo político nas eleições do ano que vem.

 

Tiririca, que começou a carreira artística como palhaço de circo, tornando-se depois cantor e comediante de TV, foi o deputado federal mais votado do país nas eleições de 2010, com mais de 1,3 milhão de votos no estado de São Paulo.

Em fevereiro, depois de dois anos de mandato, Tiririca afirmou que, ao fim da atual legislatura,não iria mais disputar eleições e que voltaria a fazer shows.

Na reunião desta terça, o deputado se queixou da falta de apoio para fazer avançar projetos de lei que apresentou em benefício de artistas populares e circenses, segundo o relatou o presidente do PR-SP, Tadeu Candelária.

 

"Ele estava pensando em não concorrer mais porque ficou desanimado com a dificuldade de aprovar seus projetos na Câmara, foi uma decepção para ele. Mas o líder [Anthony Garotinho] explicou para ele a questão das medidas provisórias, que ocupam os trabalhos da Câmara", disse o dirigente ao G1. "Mas dissemos que vamos continuar trabalhando, que ele vai conseguir colocar as propostas em evidência e em prioridade", completou Candelária.

 

Junto com o líder do PR na Câmara, Anthony Garotinho (RJ), Tiririca anunciou que irá iniciar em breve uma caravana por 50 municípios de São Paulo para se reunir com eleitores e se aproximar da população, especialmente de periferia.

 

“Eu vou de encontro ao meu eleitor. Vou mostrar pras pessoas como é que funciona aqui dentro. Lá fora a gente tem uma visão muito diferente”, explicou.

 

O presidente do PR-SP admite que o partido se esforçou para manter Tiririca na política. "É um grande puxador de votos, isso também interessa ao partido. O partido também pesnsa nisso, é um interesse comum", afirmou Tadeu Candelária, ressaltando que ainda está em aberto à definição sobre qual cargo Tiririca poderá disputar no futuro.

 

28/05/2013

G1

Partido de Tiririca quase dobra número de deputados federais eleitos

 
 

Impulsionado pelos votos dos dois deputados federais mais votados do país, o PR conseguiu praticamente dobrar o número de eleitos na Câmara dos Deputados em relação a 2006, e é o partido com a quinta maior bancada. Entre os cinco partidos mais representativos, o PR também foi o que mais cresceu nestas eleições.

 

Em 2006, o partido havia eleito 23 deputados federais. Neste ano, foram 41, um aumento de 78%. O PT aumentou só 6%, enquanto o DEM caiu 34%.

 

A comparação leva em conta o número de congressistas eleitos nas urnas, não a bancada atual, composta também por 41 parlamentares. O PR elegeu 23 deputados em 2006, mas outros congressistas mudaram de partido e incharam a sigla.

O avanço foi auxiliado pela grande votação do palhaço Tiririca, que obteve 1.353.820 votos nas urnas, e de Anthony Garotinho, o segundo deputado federal mais votado do país, com 694.862 votos.

 

Em São Paulo, o quociente eleitoral (número de votos para obter uma cadeira na Câmara) foi de 304.533. Ou seja, os votos de Tiririca divididos pelo quociente dão um total de 4,4.

 

O palhaço elegeu, portanto, a si mesmo e mais três companheiros de coligação: Otoniel Lima (PRB), Vanderlei Siraque (PT) e o delegado Protógenes Queiroz (PCdoB).

 

Outra contribuição importante saiu de Garotinho, que conseguiu eleger mais três deputados, já que o quociente no RJ foi de 173.883 votos. Ele se filiou ao PR em 2009, anunciando apoio à candidatura de Dilma Rousseff, ato classificado na época como a maior conquista do partido nos últimos dez anos.

 

Veja o crescimento dos partidos em relação a 2006

 

PR 78%
PT 6%
PMDB -11%
PSDB -20%
DEM

-34%

 

.

 

Rosanne D'Agostino
Do UOL Eleições
Em São Paulo

05/10/2010 

 

Pin It

Logo TAYSAM Web Design 147x29